Calma e força. Estas são as duas palavras que melhor descrevem o pilates, uma modalidade milenar que promete trazer a união entre o corpo e a mente, deixando ambos fortes e sãos.

Escolhido por um vasto leque de super models, o pilates assume-se como o exercício que mais proporciona um corpo tonificado e esguio, ajudando a queimar aquelas gorduras localizadas que tanto incomodam e teimam em sair, mesmo que se faça muitos exercícios cardiovasculares.

Mas, por que o pilates é uma boa escolha? Por pelo menos sete motivos, com certeza. Um deles é o fato de ajudar a aliviar o estresse, como explicou à Marie Claire o instrutor Luke Meessmann.

Conseguir braços mais fortes e mais tonificados são outro motivo para se apostar no pilates, que permite ainda executar um treino rigoroso e complexo quase sem suar ou gastar todas as energias.

Quem passa muitas horas sentado sabe que as costas são uma das partes do corpo que mais sofrem e o pilates pode ajudar não só a aliviar a dor, como a melhorar a postura, ajudando a prevenir lesões comuns ao sedentarismo e à má postura durante o dia de trabalho.

Para todos aqueles que acreditam que as grávidas não devem fazer este exercício, o pilates veio provar o contrário ao assumir-se como a modalidade ideal, pois não só ajuda a manter o peso adequado, como dá mais força e ajuda as mulheres a sentirem-se mais confiantes e preparadas para o momento do parto, por ajudar a tonificar os músculos.

Fonte: Notícias ao Minuto